A Prefeitura Municipal de Santa Cruz Cabrália - Ba, através da Superintendência de Recursos Humanos, vem por meio desta afirmar que recebeu várias reclamações de ex-servidores municipais, relatando não terem conseguido receber o auxílio emergencial do Governo Federal.
Todos relataram o mesmo problema que se relaciona a dados desatualizados relativos a vínculos empregatícios.
 
A Superintendência de Recursos Humanos relata que quando um servidor é desligado, imediatamente, é atualizada a sua situação empregatícia, com o envio das informações aos órgãos competentes.
 
A Superintendência de Recursos Humanos, responsável pela atualização, no âmbito municipal,das informações referentes à pessoal, afirma que já enviou a RAIS ano base 2019, bem como a GEFIP que é enviada mensalmente até o dia 07 de cada mês, com os dados atualizados de todos os servidores e ex-servidores.
 
O Município afirma que "está auxiliando seus ex-funcionários com a disponibilização de cópia dos documentos nas quais constam as respectivas rescisões para que assim apresentem as suas defesas" junto ao INSS.
 
Ressalta-se que depois da análise de alguns casos de servidores que procuraram o setor, foi averiguado que muitos desses possuíam vínculos no próprio Município (Correspondente aos anos de 2003 a 2014), em outros Municípios, órgãos Públicos ou empresas privadas, que já haviam trabalhado.
 
O auxílio emergencial é de responsabilidade do Ministério da Cidadania, mas a análise dos cadastros é feita pela empresa pública Dataprev. As informações obtidas, até o momento, é de que estes órgãos estariam usando informações de banco de dados antigos, por esse motivo diante dessa situação, o INSS hoje disponibiliza o número 135 (Opção 0 – Falar com atendente),para solicitar a atualização de vínculos e remunerações, para assim sanar o problema.
 
Caso se trate de problemas com empresas privadas o ex-funcionário deverá procurar o setor responsável das empresas para assim realizar a retificação dos dados.
 
“Esclarece-se que o problema ocorre no Âmbito Federal. A Superintendência de  Recursos Humanos encaminha as baixas para o INSS, que é o responsável de enviar essas informações para o sistema, onde ocorrerá a atualização no banco de dados do Governo Federal. A Superintendência de Recursos Humanos não tem acesso a essas ferramentas’’.
 
Para ajudar os ex-funcionários que procuram a prefeitura, a Superintendência de Recursos Humanos, está disponibilizando em mãos uma certidão constando as informações do referido desligamento, caso o INSS solicite do ex-servidor. Também foram enviados e-mails para o Ministério do Trabalho e para a Caixa Econômica Federal relatando as reclamações dos referidos ex-servidores.
 
O atendimento da Superintendência de Recursos Humanos é realizado na Sede da Prefeitura Municipal, de segunda a sexta-feira, das 08:00 as 14:00 horas.