Aprovada na câmara de vereadores por unanimidade, o Prefeito Agnelo Santos altera lei sobre a cobrança de 10% de antecipação do IPTU.
 
No momento que o IPTU vencia era cobrado pelo município os 10%, mesmo antes de virar o ano.  Agora, com a revogação da lei ocorrida no dia  10 de Março de 2021, não será mais cobrado ao contribuinte essa taxa ao IPTU vencido. Somente serão cobrados os honorários advocatícios após se tornar dívida ativa.
 
“Procuro estar sempre atento aos anseios da população e tão importante quanto isso é resolver da melhor maneira as demandas imposta por ela. Por isso, atendi a mais este pedido que era muito cobrado e aguardado pela população”, disse Agnelo Santos.