O Diretor de Meio Ambiente do município, Fernando Ricaldi, em nota enviada nesta manhã, foi enfático: “Estamos investigando e analisando o objeto de contaminação, estamos agindo, não ficarão impunes aqueles que cometeram tal imprudência e crime ambiental”.
 
O derramamento de óleo ocorrido na quarta-feira, 16/01 no mar do balneário de Guaiu, em Santa Cruz Cabrália, deixou a população apreensiva e, principalmente, os pescadores, bastante preocupados, entretanto a balneabilidade das praias não foi afetada.
 
“Foi feita coleta da agua com o objetivo de desvendar a verdadeira origem de sua contaminação e adotar as medidas pertinentes,” destacou o diretor.