Desde criança ouvimos que comer frutas e verduras faria muito bem para a nossa saúde, por mais relutantes e teimosos que pudéssemos ser na infância. Mas a cada dia que se passa, podemos observar o quanto esses alimentos fazem bem para a saúde do corpo.


Neste artigo vamos apontar os principais benefícios e as dicas mais práticas e simples para te ajudar a ter uma boa alimentação.

Mas o que é uma boa alimentação e para o que ela serve?

Uma boa alimentação nada mais é do que equilíbrio, é saber o que comer e em quais quantidades e entender que tudo em excesso faz mal.


Você não precisa cortar todos os carboidratos e doces para ter uma boa saúde, o segredo é saber a quantidade certa a ser ingerida e diversificar as fontes de proteínas e vitaminas que você ingere durante o dia.


Benefícios de uma boa alimentação:

 

  • Prevenção do sobrepeso e obesidade;
  • Melhora do humor e estresse;
  • Mais disposição e energia;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Melhora a concentração;
  • E muitos outros.

Se alimentar bem é sinônimo de autocuidado, é prezar o seu bem-estar e garantir uma melhor qualidade de vida. 

Dicas para uma boa alimentação

Agora que já falamos sobre como uma boa alimentação pode te beneficiar, vamos a fundo nas dicas práticas e simples que você pode aderir no dia a dia e melhorar a sua alimentação.

Beba pelo menos 2 litros de água por dia

Estima-se que 70% do corpo humano é composto por água. Por isso, ela é fundamental para transportar as vitaminas presentes em nosso corpo para as partes mais importantes. A água serve como solvente e lubrificante, garantindo uma melhor digestão e evitando problemas graves como pedras nos rins.


Beber água é tão importante para o bom funcionamento do corpo quanto para evitar problemas, até mesmo na boca. Ela ajuda a equilibrar a acidez na região bucal que produz problemas como a cárie, podendo levar a pessoa a realizar até mesmo um tratamento de canal

Coma pelo menos duas frutas por dia

Frutas são ricas em vitaminas e água, é um dos tipos de alimentos mais saudáveis e práticos de transportar durante o dia a dia.


Bananas, uvas, maçãs, peras e morangos são as melhores opções para carregar na bolsa e comer durante o dia.


Mas fique atento: frutas cítricas como o limão, a laranja e o abacaxi possuem uma grande quantidade de ácidos que podem prejudicar os seus dentes, provocando o enfraquecimento e desgaste da estrutura dentária. Pode-se chegar até ao ponto da extração de dente, caso o nível de ácido presente esteja muito alto.

Equilibre o que você come durante o dia

O problema de uma alimentação inadequada é o excesso. Tudo que passa do limite pode gerar algum malefício; não é errado comer pão e arroz todos dias, o problema está na quantidade que você consome.


Por isso, sempre equilibre o que está no seu prato durante as refeições. Coloque um pouco de arroz, feijão, uma verdura ou legume e uma carne, frango ou peixe; sempre intercale entre essas opções. 


Lembrando que, se você fizer uso de algum tipo de aparelho, como o aparelho transparente, não esqueça de retirá-lo para comer e higienizar os dentes após as refeições. Cuidar da saúde bucal também é um passo muito importante, não deixe ela de lado!

Evite gorduras, corantes, frituras e alimentos ultraprocessados

Você não precisa passar o resto da sua vida sem comer mais nenhum doce ou hambúrguer. Basta equilibrar a quantidade que você tem consumido, e assim, construir uma balança justa entre o que você ingere.


Bebidas com corantes, como vinhos e refrigerantes, também são perigosas para os dentes. Além da grande quantidade de açúcar que pode gerar cáries, os corantes presentes na bebida comprometem o desempenho de procedimentos estéticos como o clareamento dental.

Sempre que possível, pratique exercícios físicos 

Além de ter uma boa alimentação, não se esqueça de exercitar o seu corpo. Práticas físicas auxiliam no ganho de massa muscular, perda de gordura e melhora a disposição e concentração.


Hoje, existem diversos tipos de atividades físicas para que você escolha a que mais se identifica e a pratique.

Considerações finais 

Não deixe de colocar as dicas deste artigo em ação, com certeza elas irão te auxiliar a ter uma boa alimentação e melhor qualidade de vida! 


E não se esqueça de sempre procurar um nutricionista para saber quais são os melhores alimentos e as quantidades corretas para você ingerir, de acordo com o seu estilo de vida, condições e objetivos. 


Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.