Em tempo de pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Santa Cruz Cabrália, não esqueceu de outra ameaça à saúde pública. O combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, segue de forma intensa na cidade. Na última quinta feira (22), iniciou-se o emprego do controle químico espacial, com equipamento costal, nos bairros Nova Cabrália, Capitão Luís de Matos e Mirante.


A prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, realiza ações de orientação nas comunidades através da mobilização, conscientização social, intensificação do controle químico larvário e confirmação sorológica dos casos suspeitos.


A pulverização de inseticida, o popular fumacê, tem caráter estratégico e emergencial importante em bairros que apresentaram, até o momento, a maior ocorrência de notificações das arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunya).

“Estamos fazendo uma espécie de varredura, nesses pontos e, posteriormente em outros bairros para minimizar a situação”, explica a coordenadora do Programa de Controle de Endemias, Ariane Costa Lôbo.

A secretaria solicita aos moradores que, quando o fumacê passar, permaneça dentro da residência e mantenha as portas e janelas abertas.
A pulverização do produto segue os protocolos regulamentados pelo Ministério da Saúde e ocorre sempre das 17h00 às 20h00.


A reprodução do Aedes aegypti acontece em locais de água parada, especialmente, em caixas d’água e quintais com objetos que podem acumular água como pneus, garrafas, pratinhos de planta etc.


Para evitar a proliferação do mosquito, tome os seguintes cuidados:

– Tampe os tonéis e caixa d’água;
– Mantenha as calhas sempre limpas;
– Deixe garrafas viradas com a boca para baixo;
– Mantenha lixeiras bem tampadas;
– Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
– Limpe semanalmente ou preencha os pratos de vasos de plantas com areia;
– Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
– Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

"Apesar das ações que estamos tomando no controle e combate ao novo coronavírus, não podemos nos esquecer desse outro inimigo da saúde pública que é o mosquito Aedes Aegypti, transmissor de várias doenças que também são preocupantes. Peço aos moradores que nos ajudem a ajudar vocês. Sigam as orientações dos profissionais da saúde. E que Deus abençoe a todos! Juntos somos mais fortes", encerra o Prefeito Agnelo Santos.