No início da madrugada desta quarta-feira, dia 9 de maio, uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado da Mata Atlântica (CIPE-MA), após denúncia anônima, deslocou-se ao bairro Geraldão, em Santa Cruz Cabrália, onde quatro elementos armados estariam traficando drogas.

Em posse das características dos suspeitos os militares deslocaram-se imediatamente ao local e assim que chegaram, alegam terem sido recebidos a tiros e por isso revidaram. Pouco tempo depois os tiros cessaram-se, quando dois dos suspeitos foram avistados caídos, um em posse de uma pistola Taurus, calibre 380 e o outro com um revólver calibre 38, armas de numerações raspadas.

Com os dois baleados ainda foram apreendidos um tablete de maconha pesando aproximadamente 700 gramas, cinco porções de cocaína e R$ 30,00 em espécie. Os acusados, identificados como Mateus Pereira Santos, o “Neguinho Paulista”, de 19 anos e Otoniel Pereira Silva, o “Oton”, 22, foram socorridos ao Hospital Municipal de Santa Cruz Cabrália, onde não resistiram e vieram a óbito. Na mesma unidade de saúde foram localizados Edvaldo Batista dos Santos, o “Espirro” e Alexandre dos Santos Dória, também integrantes do mesmo bando. Eles foram atingidos no confronto e como precisavam passar por procedimentos cirúrgicos, acabaram transferidos ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde permanecem sob escolta policial.

Os demais integrantes da quadrilha, segundo os policiais da CIPE-Mata Atlântica, conseguiram fugir. Após a informação da morte dos dois homens, que eram acusados de diversos crimes em Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, traficantes comparsas teriam imposto um toque de recolher do bairro Geraldão. Até as escolas do bairro não funcionaram nesta quarta-feira, dia 9.