No dia 28 de agosto de 2018, foi realizada uma reunião entre a Pro Reitoria de Gestão Acadêmica da UFSB e os alunos do Campus Soscigenes Costa em Porto Seguro.


A reunião teve o objetivo de apresentar a proposta de escalonamento do curso Bi-Saúde. O “escalonamento” significa que todos os alunos do Bacharelado interdisciplinar em Saúde, atualmente, sejam de Itabuna, Porto Seguro ou Teixeira de Freitas terão direito a participar da migração para o curso de medicina. Essa migração será realizada anualmente e de forma gradual, até que todos os alunos migrem para a medicina.

Diferentemente do que ocorre atualmente em que há apenas uma migração anual referente a turma do respectivo ano de formação, cabe ainda ressaltar que das 80 vagas existentes atualmente, mais de 90% foram preenchidas com alunos oriundos de Teixeira de Freitas, ficando de fora quase que a totallidade dos alunos dos campus de Itabuna e Porto Seguro.


Para os alunos de Porto Seguro a proposta de escalonamento com divisão  de vagas por campus torna justa o processo de migração para a medicina porque contempla a entrada de todos os estudantes dos Bi-Saúde e ainda implanta a igualdade de vagas por campus, um pedido antigo de todos os alunos da UFSB.

Ao contrário do que foi relato por alguns alunos de Teixeira de Freitas, não há diminuição do número de vagas, mas sim uma nova divisão das vagas de modo a não permitir que haja privilégios entre alunos do mesmo curso mas de campus diferentes.


A reunião foi bastante produtiva e correu de maneira pacífica durante toda a sua realização. Os alunos de Porto Seguro demonstraram compreensão com todos os elementos divulgados pela Pro Reitoria e apoio as propostas. O escalonamento é a proposta que a maioria dos alunos apoia e foi aprovada pelos presentes à reunião com a Pro reitoria.

Portanto, parece que, enfim, será respeitado o principio constitucional da isonomia, ao qual todos, inclusive a UFSB devem respeitar, o que significa dizer que todos são iguais perante a lei e devem ser tratados de maneira justa, transparente e igualitária.

Estudantes do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde do campus Sosigenes Costa em Porto Seguro.