Diante dos indícios de possíveis irregularidades durante a gestão de Gleidson Pinheiro da Silva, a nova Coordenadora do Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena da Bahia, Luzia Silva Matos, mais conhecida como Luzia Pataxó, solicitou ao Ministério da Saúde a realização de uma auditoria completa no órgão. 
Segundo a nova Coordenadora, a providência se faz necessária, não apenas para apurar as denúncias constantes contra o ex-administrador, mas também para determinar a real situação em que se encontra o Distrito, que precisa ser reorganizado, para cumprir a sua finalidade principal, que é defender a saúde da população indígena. 
Luzia Pataxó, que tem no seu currículo diversas e bem-sucedidas participações no serviço público, sempre em defesa das mulheres e da saúde indígena, garante que uma nova época vai começar no Distrito: “Faremos tudo que estiver ao nosso alcance, para oferecer uma saúde melhor a todos os índios da Bahia!”.