Jaques Wagner é hoje, na avaliação de Lula, o melhor candidato para concorrer à Presidência da República em seu lugar

Uma delegação formada pelos petistas mais próximos do ex-presidente Lula deve vir à Bahia, sob seu pedido expresso, tentar persuadir a mulher de Jaques Wagner, Fátima Mendonça, a deixá-lo concorrer à Presidência da República. Lula está convencido de que Fatinha, como é conhecida entre os mais íntimos, é hoje o maior obstáculo para que Wagner aceite disar a sucessão presidencial em seu lugar. Conhecedora de política e muito influente junto a Wagner, a ex-primeira-dama acha que o envolvimento do marido diretamente na disa devassaria demais a vida da família, com que não contava desde que o casal deixou o Palácio de Ondina.