No dia 23 de julho próximo Santa Cruz Cabrália completa 517 anos de história e 184 de emancipação política. Por isto, o o deado Jânio Natal, que re-presenta o Extremo Sul da Bahia na Assembleia Legislativa, fez questão de registrar a data, com uma moção de congratulações ao povo do município.Integrando a Costa do Descobrimento e vizinho a Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, recebe grande quantidade de turistas de todos os países do mundo, encantando a todos com as suas belezas naturais e seu patrimônio cultural.

Cidade de grande significado histórico, nela foram realizadas a 1ª e a 2ª missas no Brasil, ambas celebradas por Frei Henrique de Coimbra, capelão da armada de Pedro Álvares Cabral, em 26 de abril e 10 de maio de 1.500, a primeira no Ilhéu da Coroa Vermelha e a segunda na foz do Rio Mutari.

A parte alta da cidade abriga verdadeiros tesouros históricos e arquitetônicos. “Visitar Cabrália é viver a história do Brasil, desde antes do Descobrimento. Na praia de Coroa Vermelha, os costumes e a criatividade dos índios Pataxó ganham um espaço especial: o Memorial Indígena, que oferece lojinhas de artesanato e no seu pe-queno museu os visitantes conhecem um pouco da vida dos nossos primeiros habitantes”, disse.

BELEZAS

Mas nem só de história vive Cabrália. O município tem belíssimas paisagens típicas do sul da Bahia, emolduradas por um mar de águas cristalinas, protegido por recifes de coral e a exuberante vegetação da Mata Atlântica.“Na Copa do Mundo de 2014, o município abrigou a seleção alemã, que foi campeã; isto ajudou a chamar a atenção do mundo para Cabrália, que completa 517 anos de história e 184 de emancipação, caminhando firme para o progresso e o desenvolvimento, apesar de suas carências. Nesta caminhada, a sua maior força está na coragem e na fé de seu povo”, completou.E Jânio conclui: “É com grande alegria que abraço os meus irmãos de Santa Cruz Cabrália, esta cidade que tanto amo, para comemorarmos juntos mais um aniversário desta terra linda, tão importante na história do nosso BRASIL.