Grêmio e Flamengo empataram por 1 a 1 na primeira partida das semifinais da Libertadores, em duelo realizado nesta quarta-feira (2), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O time da casa conseguiu a igualdade no placar, que o manteve vivo para o jogo de volta, no final da partida, aliviando a torcida que encheu o estádio. Apesar do bom resultado longe de seus domínios, o empate teve gosto amargo para os cariocas, já que tiveram três gols anulados pelo VAR e estiveram bem próximos do triunfo.

A partida teve dois momentos distintos, com o Flamengo dominando o primeiro tempo e o Grêmio equilibrando o jogo e pressionando na segunda etapa. Os cariocas foram às redes duas vezes nos primeiros 45 minutos de jogo, com Éverton Ribeiro e Gabigol, mas os tentos foram (bem) anulados pelo VAR.

Aos 23 do segundo tempo, enfim, Bruno Henrique marcou de cabeça, abrindo o placar. A vantagem no placar poderia maior, mas o time teve mais um gol anulado, frustrando a massa rubro-negra que compareceu ao estádio do adversário.

E o Grêmio, então, tanto martelou que conseguiu o empate nos estertores da partida. Pepê, que havia entrado no segundo tempo, aproveitou cruzamento de Éverton e só escorou para o fundo das redes. Fim de jogo: 1 a 1.

Os times, agora, cumprem seus compromissos no Brasileirão antes de voltarem a se enfrentar no dia 23 de outubro, no Maracanã.