A prefeitura de Santa Cruz Cabrália está sendo acusada de realizar obra na orla da cidade em área que seria tombada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Mas a acusação não procede, de acordo com o secretário municipal de Governo, Jair Sisan.
Ele explica que trata-se da instalação na praia de Arakakaí de um letreiro temático com o nome da cidade, para que moradores e visitantes possam apreciar e tirar fotos como lembrança. “Será mais um belo cartão postal de Cabrália”, disse o secretário.
Jair estranhou a acusação. “Apenas a cidade histórica de Cabrália é tombada pelo Iphan”, explicou o secretário. Ele lembrou que no ano passado já foram feitas intervenções no local, com plantio de grama e coqueiros. “O Iphan teria notificado a prefeitura caso a área fosse tombada”, pontuou Jair.
A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
ESBOÇO DO LETREIRO TEMÁTICO QUE VAI ESTREAR NO CARNAVAL ANTECIPADO 
“O que estamos fazendo na orla é oferecer um atrativo a mais para fixar a imagem da nossa cidade como produto turístico, dentro da legalidade, que é um marco da gestão interina do prefeito Carlos Lero”, concluiu o secretário.
Por: Geraldino Alves