Existem decisões por parte de membros da Justiça que merecem ser lembradas pelas gerações futuras.

Uma dessas decisões que está provocando indignações, foi prolatada pela Justiça Federal, determinando a imediata demolição de um monumento instalado há mais de uma década nas proximidades de Coroa Vermelha, no município de Santa Cruz Cabrália, em homenagem a celebração da 1ª Missa do Brasil.

Conforme informações postadas no G1, a autorização para a imediata demolição foi um pedido do Denit e do Ipahn.

Imaginem que próximo ao local onde foi instalado o monumento, um trecho da rodovia está há anos, praticamente destruído.

Os usuários que trafegam pelo local, e que pagam os impostos, escapam de uma grande armadilha, principalmente à noite.

Essa grave falta de atenção do Denit se arrasta a muito tempo, sob os olhos do Governo Federal e da própria Justiça Federal.  Isso deixa transparecer que o cidadão não tem valia alguma.  E que é mais cômodo determinar a demolição de um monumento que não prejudica ninguém, do que intervir para evitar tragédias.

Trecho da rodovia está há anos, praticamente destruído.