O Uruguai venceu Portugal por 2 a 1, neste sábado (30), no Olímpico de Sóchi, e garantiu sua vaga nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. A partida foi marcada pela grande partida de Cavani, que marcou dois gols. Apesar do bom início português, quem marcou primeiro foi o Uruguai. Aos sete, Suárez recebeu pela esquerda, cortou para o meio e fez cruzamento preciso. Bem colocado, Cavani testou com força para vencer Rui Patrício e abrir o placar.

Aos 11, Fonte recebeu cruzamento na área e cabeceou para fora. A bola passou perto.

Aos 22 minutos, em cobrança de falta, Suárez chutou baixo e buscou o canto de Rui Patrício. Atento, o goleiro não foi pego de surpresa e fez ótima defesa.

Aos 32, Cristiano Ronaldo teve boa falta pela meia esquerda. O gajo encheu o pé, mas a bola explodiu na barreira.

No último lance da primeira etapa, Cavani fez um ótimo domínio e chutou de voleio, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Portugal empata no 2º tempo, mas Cavani marca de novo e decide 

Aos dois, João Mário cruzou pela meia direita para Cristiano Ronaldo, mas Godín subiu bem e cortou de cabeça.

Aos dez minutos, Pepe recebeu cruzamento aberto, subiu bem e cabeceou firme para empatar o jogo.

O empate durou pouco no plcar e o Uruguai voltou à frente aos 17 minutos.

Bentancur avançou pelo meio e rolou para Cavani, que apareceu livre e chutou colocado para marcar seu segundo gol no jogo.

Aos 25, a seleção portuguesa quase empatou. Após cruzamento de Guerreiro, Muslera soltou a bola duas vezes. Na sobra, com o gol aberto, Bernardo Silva chutou para fora e perdeu boa chance.

 

Bernardo recebeu bola pela linha de fundo e chutou cruzado aos 35, mas Giménez bloqueou.

Manuel Fernandes tentou chute pela meia direita aos 41, mas Muslera defendeu bem.

Com 46 minutos, Cristiano Ronaldo tentou chute de fora da área, mas mandou para longe do gol.

Dois minutos depois, Rodríguez perdeu grande chance. Suárez recebeu pela direita, levou para a ponta e cruzou para o atacante, que chegou livre, mas dominou muito mal e desperdiciu a oportunidade para fechar a conta.

Homem do jogo, Cavani sai lesionado

Aos 26 minutos da segunda etapa, Cavani sentiu lesão na panturrilha e começou a mancar. 

Ajudado por Cristiano Ronaldo, ele deixou o campo e deu lugar a Stuani.

Apesar de sair no meio da segunda etapa, o camisa 21 foi o grande nome do jogo e decidiu a partida com dois gols.

Muslera supera seu próprio recorde

Aos 27 minutos do primeiro tempo, goleiro Fernando Muslera bateu seu próprio recorde de tempo sem ser vazado em Copas do Mundo.

Em 2010, ele ficou 337 minutos sem sofrer gols. 

Até a partida contra Portugal, o goleirão ainda não tinha sido vazado na Rússia.

FICHA TÉCNICA

30/06 - Olímpico de Sóchi (Sóchi)

Uruguai 2 x 1 Portugal

Árbitro: César Arturo Ramos (México); Gols: Cavani, aos 14 minutos do 1º tempo; Pepe, aos 10 do 2º tempo; Cavani, aos 17 do 2º tempo. Cartões Amarelos: Cristiano Ronaldo, aos 48 do 2º tempo.

URUGUAI: Muslera; Cáceres, Giménez, Godín e Laxalt; Torreira, Vecino, Bentancur (Cristian Rodríguez, aos 18 do 2º tempo) e Nández (Carlos Sánchez, aos 35 do 2º tempo); Cavani (Stuani, aos 28 do 2º tempo) e Suárez. Técnico: Óscar Tabárez.

PORTUGAL: Rui Patrício; Ricardo Pereira, Fonte, Pepe e Guerreiro; Adrien Silva (Quaresma, aos 20 do 2º tempo), William Carvalho, João Mário (Manuel Fernandes, aos 40 do 2º tempo), Bernardo Silva e Gonçalo Guedes (André Silva, aos 28 do 2º tempo); Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.