A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) discute nesta quinta-feira (15) junto à Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), um aumento de até 15,42% nas contas de luz, para entrar em vigor na segunda quinzena de abril. Quase 6 milhões de baianos podem ser atingidos com a decisão, que será tomada em uma reunião pública no auditório da Fecomércio.

A revisão prevê reajuste para 415 dos 417 municípios da Bahia, além de comércios e indústrias. O aumento está previsto nos contratos de concessão, com base na remuneração dos investimentos das empresas e coberturas de despesas, de acordo com a Aneel.

Os consumidores considerados cativos teriam índices de cobranças diferentes. Os de baixa tensão podem ter reajustes em 15,48%, e os de alta tensão (indústria), teriam 13,88%. Estiveram presentes na reunião, conselho de consumidores, diretores da Aneel e representantes da Coelba. O encontro foi aberto à população.