Com uma carreira de sucesso há mais de 07 anos, Adriano Gatynho mais uma vez sobe ao pódio; só que agora foi no campeonato mais difícil e disado do mundo: o Brasileiro de Jiu-Jitsu 2018 que se deu em Barueri - São Paulo, de 28 de abril a 06 de maio.
 
 
Foram mais de 07 mil participantes, dentre adultos e crianças acima de 04 anos de idade. Os atletas entre 04 e 17 anos disaram nos dias 28 e 29 de abril. Os de mais, acima de 18 anos, a partir do dia 30 de abril. As disas foram acirradas entre os melhores atletas do país.
 
 
Braço deslocado, luxações, faz parte do esporte. “O importante é o resultado. Fiquei em 3º lugar no melhor e mais disado campeonato de Jiu-Jitsu do mundo. Todos os atletas querem chegar até aqui”, afirma Gatynho, que exibe a medalha com orgulho.
 
 
A Prefeitura de Santa Cruz Cabrália, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, apoiou o atleta.
 
    
Outras empresas também patrocinaram. Foram elas:
 
Academia Psicoteam Cenilton Reis; as cabanas Colher de Pau, Aconchego, Taípe e Zé Barbudo; Clínica Workout, Alessandro Cesário Fisioterapia; Sorveteria Oba Oba e Baiana Tânia.
 
Texto: Jerusa Brandão/JBcomunicação