A região de Porto Seguro vai ter o 7 de setembro mais saboroso do Brasil. É que nesse feriadão acontece a segunda edição do Festival da Lagosta da Costa do Descobrimento, em que a rainha (dos frutos) do mar vai ser celebrada por mais de 40 restaurantes e barracas de praia da Vila de Santo André e de Santa Cruz Cabrália.

O primeiro Festival da Lagosta aconteceu em novembro do ano passado, em dez restaurantes de Santo André. O sucesso foi tamanho, que em 2017 a lagostança vai atravessar o rio João de Tiba, transformando todo o município de Cabrália -- de Coroa Vermelha, na divisa com Porto Seguro, à praia do Guaiú, 6 km ao norte de Santo André -- numa costa do descobrimento... da lagosta.

  • Descubra sua lagosta

Sanduíche, bobó, risoto, moqueca, pizza, caldo, tapioca -- a variedade de preparações é a marca registrada do festival.

Santo André

Festival da Lagosta Lobster Roll

Bardo Rio

Um dos campeões de pedidos do primeiro Festival da Lagosta está de volta em 2017, e deve fazer aumentar a fila da balsa: o lobster roll do Bardo Rio, na beira-rio de Santo André, mostra que essa tradição da Nova Inglaterra tem tudo a ver com o calor da Bahia.

Festival da Lagosta Pousada Corsário

Restaurante Corsário

Também à beira-rio, a pousada Corsário vai ter um cardápio completo de lagosta: salada de lagosta e abacate ao molho de iogurte grego e hortelã; caldinho de lagosta, aipim e taioba; e lagosta grelhada na manteiga de garrafa e sálvia, purê de batata doce e ninho de abobrinha.

Festival da Lagosta: restaurante da dAjuda

Restaurante da D'Ajuda

No miolo da vila, o caseiríssimo Restaurante da D'Ajuda vem com uma tapioca de lagosta que parece irresistível (alô dona D'Ajuda, tem delivery pra São Paulo?).

Festival da Lagosta Aroeira

Aroeira

O Aroeira também segue a linha lagosta brazuca, com bolinhos de lagosta de entrada e bobó de lagosta como prato principal.

Festival da Lagosta: hamburger e pizza

Ô La Em Casa e Paralelo 16

Já no Ô Lá em Casa, a hamburgueria da Vila Araticum, a lagosta vira hamburger. E no bistrô Paralelo 16, pizza.

Festival da Lagosta: Campo Bahia

Caju (Campo Bahia)

À beira-mar, o ceviche de lagosta com leite de coco e chips de macaxeira, inhame e banana do restaurante Caju proporciona a mais gostosa desculpa para conhecer o chiquérrimo resort Campo Bahia, onde a seleção alemã se hospedou durante a Copa.

O outro resort da vila, o Costa Brasilis (que idealizou o festival em 2016), vai servir quatro preparações diferentes -- entre elas, a lagosta na manteiga de caju e a lagosta ao vapor de vinho branco com spaghetti pomodoro.

Festival da Lagosta: Vila Araticum

Vila Araticum

Na pousada Vila Araticum, a lagosta vai ser preparada com vinho branco e servida no abacaxi -- aproveite que o bar de praia é aberto para não-hóspedes, e venha mais cedo.

Na pracinha da vila de Santo Antônio, a barraca Bom Lanche recebe os descobridores de lagosta com uma receita a um só tempo simples e sofisticada: o sanduíche de lagosta com molho de nata e limão siciliano.

Festival da Lagosta: Maria Nilza

Maria Nilza

E quem for até a praia do Guaiú vai ter a chance de provar mais uma baianíssima criação da fabulosa Maria Nilza: a lagosta amorosa, com purê de banana da terra, cacau granulado, alho, salsinha e azeite extra virgem, guarnecida com abacaxi e manga em cubinhos.

Está sentindo falta de uma boa moqueca? A barraca do Elias e da Leonice, também no Guaiú, vai ter uma moqueca de lagosta que serve duas pessoas. E o Flamboyant, na vila de Santo Antônio, além da moqueca vai preparar também lagosta grelhada.

Santa Cruz Cabrália

Festival da Lagosta: Trigo

Trigo

Na praça da Âncora, no coração do centro histórico de Cabrália, o Trigo, especializado em massas frescas veramente italianas, o prato do festival é um paglia e fieno ao ragu de lagosta.

A lagosta Casa Mia -- um bed & breakfast que oferece day-use -- também será preparada à italiana, com finas lâminas de lardo.

Festival da Lagosta; cabanas

Recanto do Sossego e Praia Branca

E dá-lhe Itália: perto da praia de Coroa Vermelha, o chef Michele Morselli, da cabana Recanto do Sossego, vai de strozzaprete alla Miki, com lagosta e vôngoles ao tomate pelado italiano.

Ainda na orla, a cabana Praia Branca, a lagosta será preparada com sauvignon blanc, então flambada no conhaque e gratinada com molho branco e parmesão. Também na praia do Mutá (mas escondidinha pela mata), a cabana Macuco Ecológico é a escolha de quem ficou com vontade de provar risoto de lagosta.

São mais de 40 restaurantes participantes; conheça todos na página do festival no Facebook. Não vai faltar lagosta para você descobrir.